A influência do género na Apneia do Sono

Um estudo recente identificou que existem diferenças entre os 2 géneros na forma como o doente se apercebe da doença (Apneia do Sono).

Os resultados demonstram que indivíduos do sexo masculino e femininos relatam sintomas diferentes mediante avaliação clínica por suspeita de Apneia Obstrutiva do Sono – as queixas habituais da doença são mais referidas pelos homens.

Os autores também constataram que a idade avançada era fator de risco apenas para as mulheres, o que reforça a noção de que o aparecimento desta doença nesta população estará associada a alterações hormonais (especificas no género feminino).

Pode ler o artigo: NSS-101186-gender-differences-in-osa-presentation-using-portable-monito_062916.